sábado, 3 de dezembro de 2022 - 03/12/2022 20:10:05
Nice Content News

Você provavelmente já se deparou com isso uma vez: um site que carregou tão lentamente que você se cansou dele ‘rapidamente’. Você quer evitar isso com seus visitantes! Neste post, oferecemos 5 dicas úteis para tornar o seu site WordPress mais rápido. Chega de site lento para o seu negócio!

Não é apenas bom para os usuários do seu site de tenis cano alto masculino se ele carrega rapidamente, o Google também está feliz com isso. O Google atribui cada vez mais importância à velocidade dos sites para determinar a classificação das posições no mecanismo de busca. Um site WordPress super rápido também significa uma posição superior para o seu site!

O que este artigo aborda:

Medindo a velocidade do seu site

Mas como posso saber se meu site é rápido o suficiente ou não? Você tem que responder a essa pergunta antes de começar imediatamente / deixar alguém começar com os códigos e imagens do seu site.

Com ferramentas online como GTMetrix  ou Google PageSpeed ​​Insights, você pode ver imediatamente qual pontuação seu site obtém e quais áreas de melhoria você ainda pode aplicar. Aqui estão cinco dicas nossas.

1 – Hospedagem rápida

Primeiro, verifique se o servidor no qual seu site está sendo executado é rápido o suficiente e se a hospedagem é boa. Não opte imediatamente pela hospedagem com o menor preço, pois isso pode afetar a velocidade de carregamento do seu site.

Às vezes é melhor optar por uma hospedagem premium ou até mesmo mudar para um servidor com mais armazenamento, processadores e RAM. Uma boa hospedagem é o primeiro passo para um site super rápido.

2 – Otimize as imagens

A maioria das pessoas sabe que imagens grandes tornam o site mais lento. Os dados dessa imagem grande devem ser completamente carregados. Para que uma imagem apareça em um site, uma solicitação HTTP separada é necessária para cada imagem.

Você pode reduzir a quantidade de solicitação HTTP usando os chamados ‘sprites’, que coletam várias imagens pequenas em uma imagem grande. Menos imagens = menos solicitações HTTP = um site mais rápido.

Outra solução é compactar as imagens. Você pode pensar: mas então a qualidade não será muito ruim? Certas ferramentas, reduzem o tamanho do arquivo, mas mantêm a qualidade. Certifique-se também de salvar os arquivos no formato correto, como .jpg.

3 – Comprima seu código

Ao configurar um site, você está constantemente lidando com códigos, por exemplo, com arquivos HTML e CSS. Eles são necessários para o seu site, mas você pode redimensioná-los. Com um código HTML, por exemplo, é uma opção para remover os espaços e descrições desnecessários.

Usar muitos plugins também pode tornar seu site WordPress lento. Verifique quais plugins você realmente precisa e quais não, porque isso irá carregar código desnecessário. Um desperdício de velocidade do seu site.

4 – Use plugins de otimização de velocidade

Como explicamos acima, você não deve exagerar com plugins, mas alguns podem aumentar a velocidade do seu site. Listamos alguns para você:

  • Shortpixel (um plugin para compactar imagens);
  • WP Rocket ou WP super cache (este plugin é grátis para usar);
  • Asset Cleanup Manager (um plug-in avançado, destinado a reduzir solicitações).

Além disso, remova os plugins não utilizados! Isso não é apenas melhor para a velocidade do seu site WordPress, mas também para sua segurança.

5 – Ative o cache

Muito simplesmente, o cache garante que os dados do seu site sejam salvos para que possam ser carregados mais rapidamente. Aplicar o cache reduz a largura de banda, os dados que o site transfere, tornando o site mais rápido.

O navegador do visitante armazena os arquivos do seu site, como HTML ou imagens. Desta forma, você não precisa carregar tudo do zero e seu site aparecerá mais rápido.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Diego Augusto

Formado em Sistemas de Informação na Faculdade Pitágoras. Apaixonado por tecnologia e sempre antenado as novidades. Trabalho no mercado a mais de 10 anos como desenvolvedor Web. Sou especialista em desenvolvimento de sistemas e sites em arquitetura serverless.

1

Pode ser do seu interesse