sábado, 3 de dezembro de 2022 - 03/12/2022 13:51:54
Nice Content News

Quer saber como funciona o empréstimo consignado para solicitar o seu? Então, veio ao lugar certo. Pois, preparamos esse artigo especialmente para tirar as suas dúvidas sobre esse tema.

Quem passa por um aperto financeiro com frequência recorre a um empréstimo. Mas, emprestar dinheiro também é comum em outras ocasiões. Por exemplo, para investir no seu próprio negócio ou em um sonho pessoal.

E hoje em dia existem tantas opções, que é possível encontrar até mesmo crédito para negativado sem muita dificuldade. Mas, nem todas as opções estão disponíveis para todas as pessoas.

Esse é justamente o caso do empréstimo consignado. Continue lendo e confira.

O que este artigo aborda:

Como funciona o empréstimo consignado na prática?

O empréstimo consignado é uma das formas mais seguras para as instituições financeiras emprestarem dinheiro. Porque, nessa modalidade, as parcelas são descontadas diretamente do salário do cliente.

Isso significa, que ao fazer um empréstimo consignado a parcela virar descontada no:

  • Holerite;
  • Contracheque;
  • Ou no benefício do INSS.

Então, na prática, o banco tem certeza que vai receber a quantia emprestada, mais os juros, de volta. O que torna o consignado um dos empréstimos mais fáceis de conseguir para algumas pessoas.

Normalmente, o empréstimo consignado é mais facilmente obtido por funcionários públicos, pensionistas e aposentados. No entanto, quem trabalha pelo regime da CLT também pode tentar obter esse tipo de empréstimo.

Além dessas pessoas, os militares também são elegíveis para solicitar empréstimos consignados.

Como funciona o empréstimo consignado em relação à taxa de juros?

Em relação à taxa de juros, o empréstimo consignado tem uma das menores taxas do mercado. Justamente porque é um empréstimo muito seguro para os bancos concederem.

Afinal, a parcela é descontada do próprio salário do beneficiário. Portanto, isso significa que as chances do banco levar um calote, ou o cliente não efetuar o pagamento, são muito menores.

Apesar disso, pessoas que trabalham pela CLT podem ter taxas de juros um pouco maiores. Porque, nesse caso, o funcionário pode perder o emprego a qualquer momento. Algo que não ocorre com pensionistas, funcionários públicos e aposentados.

Vale lembrar, que a taxa de juros também varia de banco para banco. Por exemplo, na Caixa Econômica essa taxa é de 1,33% ao mês. Já no Banco do Brasil é de 1,28% ao mês.

Documentos necessários para solicitar um consignado

Ficar de olho na documentação é outro detalhe importante para quem quer saber como funciona o empréstimo consignado. Portanto, saiba que você vai precisar apresentar ao banco:

  • Fotocópias do seu RG e CPF;
  • Seu comprovante de renda atualizado;
  • Um comprovante de residência.

Outro detalhe importante é que a parcela do empréstimo não pode ser superior a 35% do salário do solicitante. Quem determina essa regra é a Lei n. 10.820 de 2003.

Há ainda uma regra adicional que determina que 5% desse montante pode ser utilizado somente no cartão de crédito consignado. Um cartão destinado apenas a usuários que são elegíveis para o empréstimo consignado.

Como funciona o empréstimo consignado para quem já tem um empréstimo anterior?

O empréstimo consignado exige que o cliente tenha a margem disponível na sua renda para pagamento. Essa margem é de 35% do salário, como mencionado acima.

Essa regra se aplica para quem já tem um empréstimo anterior contratado em andamento. Ou seja, a soma das parcelas de ambos os empréstimos não pode ultrapassar essa margem de 35%.

Logo, se o seu empréstimo anterior comprometer mais da sua renda do que o permitido no consignado, você não é elegível.

Dicas finais

Militares, trabalhadores com carteira assinada, aposentados, pensionistas e funcionários públicos podem solicitar um consignado em qualquer banco. Contudo, as chances de conseguir costumam ser maiores na sua instituição bancária usual.

Mas, para trabalhadores em regime da CLT, alguns contratos preveem descontos de até 30% do valor da rescisão. Pois, essa é uma garantia extra para o banco caso o funcionário seja demitido. Então, se esse é o seu caso, leia seu contrato com atenção.

Agora você já sabe como funciona o empréstimo consignado não deixe de conferir o nosso conteúdo sobre crédito pessoal mensal pré-fixado.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Equipe Nice

A equipe do Nice Content News conta com diversos profissionais competentes e altamente qualificados para trazer o melhor conteúdo para você.

1

Pode ser do seu interesse